Funcionário da Urca é preso após furtar 22 computadores da unidade de ensino

Maio 10, 2019 Sem comentários »

Um funcionário terceirizado da Universidade Regional do Cariri (Urca) foi preso na noite de quinta-feira (9), após furtar 22 computadores da unidade de ensino, situada na cidade do Crato. Outra pessoa foi presa por receptação.

De acordo com o delegado Polícia Civil, Inácio Torres, o suspeito trabalhava na instituição há 8 anos com serviços gerais. Em depoimento, ele confessou que levava um equipamento por dia.

Segundo infromações, os computadores pertencem ao laboratório de informática da Urca e estavam prontos para serem distribuídos aos campi da universidade quando foram furtados. De acordo com a polícia, o acusado vendia os aparelhos através da internet.

Os investigadores conseguiram recuperar 13 equipamentos que estavam nos municípios do Crato, Barbalha, Juazeiro e Missão Velha.

O funcionário da Urca vai responder por peculato, que é furto cometido por funcionário público. O outro homem foi indiciado por receptação dolosa, que é a compra do produto sabendo ser de origem duvidosa.

 

Assunto Relacionado

Comente