Ibope: Bolsonaro tem 26%; Ciro, 11%; Marina, 9%; Alckmin, 9% e Haddad, 8%

Setembro 11, 2018 Sem comentários »

Depois do atentado em Juiz de Fora (MG), o candidato Jair Bolsonaro (PSL) subiu quatro pontos nas intenções de voto para a Presidência nas eleições 2018, segundo levantamento Ibope divulgado na noite desta terça-feira, 11. Bolsonaro mantém a liderança da disputa, agora com 26% – na pesquisa anterior, do dia 5 de setembro, tinha 22%.

Atrás do presidenciável do PSL aparecem Ciro Gomes (PDT), com 11% – oscilação de um ponto para baixo em relação ao último levantamento – e Marina Silva (Rede), que caiu três pontos e aparece com 9%. Geraldo Alckmin (PSDB) segue com 9%, mesmo porcentual da pesquisa anterior. Já Fernando Haddad (PT), oficializado nesta terça-feira, 11, como candidato petista no lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (condenado e preso na Lava Jato) oscilou dois pontos para cima e registrou 8% das citações no cenário estimulado – ou seja, quando os nomes dos candidatos são disponibilizados ao eleitor consultado pelo instituto.

Cenários para segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro teria 37% em uma disputa direta com Ciro, que alcançaria 40% – o que configura empate técnico. Também haveria empate com Alckmin (38% para o tucano, 37% para o militar da reserva) e Marina (38% a 38%). Contra Haddad, o placar pró-Bolsonaro seria de 40% a 36% – um empate no limite da margem de erro, o que significa que são muito maiores as probabilidades de o candidato do PSL estar à frente.

A pesquisa foi realizada entre os dias 8 e 10 de setembro. Foram realizadas 2.002 entrevistas com eleitores de 145 cidades. A margem de erro estimada é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. A pesquisa foi contratada por IBOPE Inteligência Pesquisa e Consultoria LTDA e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR05221/2018.

Assunto Relacionado

Comente