Mulher decepa pênis do namorado por ele se recusar a casar com ela

Junho 28, 2017 Sem comentários »
Uma mulher de 22 anos é acusada de cortar o órgão genital de seu namorado de 35 anos depois que ele se recusou a se casar com ela e também de ter relação sexual.
O incidente aconteceu na noite de quarta-feira (21), na área de Mangolpuride Delhi, na Índia.
Segundo informações da polícia, após cometer o crime, a mulher fugiu do local junto com as pessoas da família.
Conforme informações dos policiais, o homem, que é um vendedor de rua na localidade, tinha acabado de voltar do trabalho, por volta das 23h30, quando a cunhada da acusada telefonou para ele e pediu que fosse até a sua residência, que fica a três quarteirões da residência da vítima.
Ainda de acordo com a polícia, a cunhada da acusada tinha dito que a namorada dele tinha algo muito importante para lhe dizer.
Quando a vítima chegou à casa da namorada, ambos começaram a discutir sobre a questão do casamento.
De acordo com o que o jovem relatou para a polícia, a acusada pediu-lhe que se casasse com ela, mas recusou, dizendo que seus familiares não aprovaram seu relacionamento.
A vítima disse que a mulher, então, o empurrou para dentro do banheiro, despindo-o e forçou-o ele ter relações sexuais com ela.
Por sua vez, ele se recusou. Diante da sua negatividade, a suspeita foi até a cozinha e pegou uma faca e ameaçou matá-lo.
No entanto, o homem permaneceu relutante.
“Isso a deixou com muita raiva. Furiosa, ela cortou seu órgão genital. O crime se desenrolou na presença do irmão e da cunhada da suspeita, que estavam na casa e continuaram a motivar a mulher a ensinar ao namorado uma lição”, disse um investigador da polícia.
Fontes disseram que, quando o homem começou a sangrar muito, ele correu para fora da casa gritando por ajuda.
Ao ouvir seus gritos, alguns vizinhos saíram de suas casas e chamaram a polícia. Quando a viatura policial chegou, o homem estava inconsciente.
A vítima foi levada para o Hospital Memorial de Sanjay Gandhi, onde está internado, mas fora de perigo.
Os médicos disseram que o homem passou por uma cirurgia e não corre risco de morte.
“Nós o levamos para o hospital e ele se submeteu a uma cirurgia para se juntar as suas partes privadas.
Depois que recuperou a consciência, gravamos sua declaração.
Ele inicialmente se recusou a apresentar uma queixa contra a mulher, mas concordou depois.
Embora o homem tenha sido submetido a uma cirurgia, os médicos temem que a operação não seja bem-sucedida”, disse um policial.
O homem é solteiro e vive com sua família em Mangolpuri. O casal se conheceu há alguns anos e depois entraram em um relacionamento.
“A mulher era muito possessiva. Quando soube que os membros da família dele eram contra o seu relacionamento, ela insistiu em se casar com ele e começou a pressioná-lo”, disse o oficial.
O caso está sendo investigado e a acusada ainda não foi encontrada.

Assunto Relacionado

Comente