Domingos Neto propõe união da bancada na Câmara para enfrentar a violência

Março 11, 2016 Sem comentários »

Condenando a partidarização do tema, o parlamentar disse que a “dor que atinge àqueles que perdem um ente querido, também atinge a todos nós”.

Domingos Neto pediu publicamente uma audiência com o Governador Camilo Santana para toda a bancada com o único tema: a violência. Sugeriu ainda que os deputados e senadores sejam convidados para o próximo encontro do “Ceará Pacífico”, comitê interinstitucional criado para debater e propor ações de combate a violência.

Na opinião do parlamentar, a complexidade do problema da violência extrapola as esferas governamentais e exige o envolvimento de todos na busca de soluções.

Lembrando que a legislação brasileira é sempre apontada como falha para coibir ou mesmo prevenir a criminalidade, Domingos Neto propôs um mutirão dos legisladores cearenses, para, de forma célere e eficaz, corrigir as falhas do arcabouço legal naquilo que for da competência dos parlamentares federais.

“A violência não é mérito e nem culpa do Governador, nem da oposição e muito menos da imprensa”, disse Domingos Neto afirmando ainda que a criminalidade crescente não afeta somente o Ceará.

“Se nosso Estado apresenta maiores índices é porque apresenta também maiores problemas que incidem na banalidade do mal que recruta menores para o crime, que ceifa vidas com uma naturalidade estarrecedora”.

CNEWS

Assunto Relacionado

Comente