BRs no Ceará registram 108 infrações por dia

Dezembro 20, 2014 Sem comentários »

A Polícia Rodoviária Federal identificou aproximadamente 108 registros de veículos em excesso de velocidade diariamente nas estradas federais. Um dos índices mais impressionantes, entretanto, diz respeito ao descumprimento da norma de velocidade nos meses de outubro e novembro de 2014, quando 16.631 infrações do tipo foram cometidas, enquanto levantamento anterior do órgão indicou que, entre janeiro e setembro deste ano, 19.683 veículos foram flagrados com velocidade acima da permitida. No total, foram 36.314 ocorrências dessa natureza praticadas em 2014.

A fiscalização por excesso de velocidade foi intensificada pela Polícia Rodoviária Federal desde o mês de outubro, em virtude dos números alarmantes de infrações. Diante disso, em dois meses o número de contravenções foi similar ao dos nove primeiros meses do ano.

“A PRF opera com cinco radares ao longo das rodovias federais que cortam o Ceará, principalmente nos trechos de maior índice de acidentes, entretanto, essa fiscalização vem sendo realizada desde o início do ano, e apesar de toda a publicidade que foi dada à intensificação de fiscalização por excesso de velocidade, mesmo assim, os condutores continuam arriscando as suas vidas e as de terceiro ao transitarem sem a observância das regras de velocidade permitidas paras as vias”, informa a assessoria de comunicação da PRF.

Flagras

O órgão gestor das rodovias identifica as infrações de condutores por excesso de velocidade em três categorias. De janeiro a novembro, 18.091 veículos estiveram com velocidade até 20% superior à máxima permitida, enquanto 15.863 foram flagrados entre 20% e 50% acima do limite e 2.360 foram notificados trafegando a mais de 50% da velocidade limite da via.

Os índices preocupam a Polícia, por conta da gravidade dos acidentes ocasionados pela imprudência no trânsito. Só no primeiro semestre de 2014, por exemplo, aconteceram 8.873 acidentes nas rodovias federais, com 499 pessoas mortas.

“A PRF verificou, por meio de estudos estatísticos, o aumento no número de mortes por atropelamento nas rodovias federais no Ceará, evidenciando que a gravidade das lesões e o evento morte estavam diretamente relacionados com o descumprimento da regulamentação de velocidade para as vias e, também, da falta de cuidado dos pedestres, principalmente nos trechos urbanos”, coloca a PRF.

O órgão comenta ainda que o risco de acidentes e a gravidade das lesões são maiores quando relacionados ao excesso de velocidade, tendo em vista o aumento da probabilidade do condutor perder o controle do veículo, ao passo em que ele diminui a capacidade de se antecipar aos possíveis perigos.

Multa

O motorista que dirige a partir de 20% acima da velocidade máxima permitida pode pagar uma multa que varia entre R$127,00 e R$957,00, dependendo do índice de aumento da velocidade em que circulava.

A PRF pede, entretanto, que os condutores tenham atenção redobrada nos trechos urbanos das rodovias e que tanto os condutores como pedestres fiquem atentos. Além disso, os motoristas devem respeitar os limites não apenas nos locais onde estão afixados os fotossenssores, mas ao longo de toda a rodovia que determina o limiar da velocidade permitida.

Ranniery Melo
Repórter

Assunto Relacionado

Comente