DEPOIS DE TRAGÉDIA, ENFERMEIRA E PM SÃO VELADOS EM JAUZEIRO DO NORTE.

Novembro 27, 2014 Sem comentários »

Os corpos da enfermeira Maria Janaína Nonato dos Santos, de 32 anos, e do soldado PM José Ivan Gonçalves Moreira, 40, foram velados juntos e serão sepultados na manhã desta quinta-feira (27) no Cemitério Parque Anjo da Guarda, em Juazeiro do Norte. O casal foi encontrado morto na madrugada da última quarta-feira (26), após a própria mulher ter matado o marido e, logo depois, cometer suicidio.

O motivo do crime passional teria sido uma suposta traição do policial, segundo uma carta escrita por Maria Janaína antes de cometer o ato. “Quero pedir perdão a todos pelo ato de desespero.

Mas se eu não podia ficar sem ele, ela também não. Perdão B… (filha) eu te amo muito mas estou cansada de ser um estouvo. Fui uma péssima mãe, esposa e profissional”, declarou a enfermeira no documento.

Conforme a mãe de Janaína, a provável amante do policial era conhecida da filha e mantinha matrimônio com um outro amigo do casal morto. O comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Wellington Alves, informou que há suspeitas de que Janaína teria lido uma carta do suposto affair de Ivan.

O crime

As mortes aconteceram por volta de 1h da madrugada, quando o PM dormia. Após pegar o revólver do marido, Janaína desferiu um único tiro contra sua cabeça e outro, tirando a própria vida em seguida. A arma do crime, um revólver calibre 38, foi encontrada com os dois cartuchos deflagrados.

F0nte: DN

Fonte: Miséria

Assunto Relacionado

Comente